ESTAMOS NA RUA URUSSUÍ, 71
ITAIM BIBI - SÃO PAULO 

(11) 2592.3219
(11) 95049.1555
(11) 99238.1300

Sessões e Horários

O consultório funciona regularmente de 2ª a 6ª feira, das 7h às 21h.

Atendimento domiciliar ou em horários especiais também pode ser solicitado através deste formulário.

Duração da sessão: 60 minutos.

Freqüência: em geral, um encontro semanal é o suficiente para os tratamentos oferecidos, porém essa variável só poderá ser definida após o diagnóstico de cada paciente.

Pacientes que buscam condicionamento físico ou para casos mais graves de recuperação, pode-se indicar uma frequência maior, de até três encontros por semana.

Microfisioterapia geralmente tem frequência de uma sessão mensal.

Como funcionam os tratamentos?

1. Avaliação e Plano de tratamento

A primeira e mais importante etapa do processo de tratamento ou condicionamento físico. Esse diagnóstico dará ao especialista as informações necessárias para criarmos um plano de tratamento adequando, buscando sempre os melhores resultados no objetivo proposto.

A avaliação tem a duração de uma sessão (60 minutos) a e é composta de anamnese, exame físico e análise de exames complementares.

Importante: No momento da avaliação, não esqueça de trazer seus exames médicos (caso os tenha) e roupa adequada para atividade física (shorts, top, bermuda etc).

2. Prática e acompanhamento

Com o plano de tratamento definido, o paciente poderá iniciar suas atividades acompanhado por especialistas que cuidarão de sua evolução.

É comum que o alívio dos sintomas se apresente já a partir da primeira sessão. Até a oitava sessão a expectativa é de ausência de sintomas e, entre 20 e 40 sessões, teremos então a consolidação do resultado no organismo do paciente.

Esse cenário de recuperação pode variar de acordo com as peculiaridades de cada paciente, sua rotina, hábitos e dinâmica de reação ao tratamento.

3. Manutenção

Após o período de tratamento, é essencial que o paciente adquira uma nova autoconsciência e continue observando e reagindo às suas necessidades corporais. Essa manutenção deve ser uma opção natural e espontânea, buscando o bem estar do organismo e, com isso, mais qualidade de vida.